Diário

Dia 3: Não é só uma vez por semana!

Esse diário serve para dizer o que eu quero dizer, diferente do resto do blog que tem “conteúdo”, sejam análises, estudos, dicas e recomendações, o diário é meu cantinho pra falar do que quero, e do que tenho planejado par ao blog.

O que tenho feito?

Bom, essa semana assisti pela primeira vez “きみは。”, ou, talvez mais conhecido pelo pessoal daqui: “Your name…”, e que filme lindo… Eu já conhecia de nome, e lembro de um grande alvoroço quando saiu a um bom tempo, mas eu nunca tinha pego pra assistir, porque geralmente esse tipo de filme representa uma de duas coisas pra mim: Ou o filme foi muito de hype e eu acho fraco demais, decepcionante; Ou o filme é muito bom, mas muito dramático e me deixa meio deprimido. No final foi um filme bem planejado, e belo.

Duas coisas me levaram a assistir esse filme agora, primeiro o soudtrack feito para o filme, para quem usa, tem o OST completo no Spotify, e tanto da versão em inglês, quanto da japonesa, a banda responsável RADWIMPS que conheci ao acaso, no Spotify, tem um som muito bom, e consegue fazer uma trilha muito emotiva para o filme.

A segunda coisa é, eu estava pensando em ler o livro, mas fiquei em dúvida pois, a editora que trouxe para o Brasil não parece especializada em conteúdo japonês, além de que o tempo que eu gastaria lendo o livro poderia gastar estudando… PORÉM, eu poderia comprar o livro japonês e usar para estudar… No entanto daria muito trabalho, e eu poderia ter todo esse trabalho para no final não gostar da obra…

No final assisti o filme e decidi que quero os dois livros, quero o brasileiro para suportar o mercado local, e poder usar de caso de estudo, quando eu conseguir ler o meu japonês.

Tirando isso continuo lendo aos poucos Kaidanshi da autora Tara A. Devlin. Essa autora traduz e publica varias histórias de terror japonesas em inglês, sejam lendas, mitos, folclore, lendas urbanas, creepy pastas, uma bela fonte de horror japonês para quem curte. Porém, só para quem conhece a língua inglesa.

 

Blog

Efetuei algumas pequenas mudanças no blog, corrigi alguns pequenos erros e detalhes, ainda tem coisa faltando. Como eu deixei claro antes, eu pretendia monetizar o blog de alguma forma, e o pensamento padrão foi adsense, mas o Google esta de implicância para aprovar o blog (Do momento que comecei a escrever a matéria para o momento de conclusão, eles decidiram liberar, mas ainda não sei se vou usar, talvez no rodapé), então por enquanto a solução são links afiliados. Estou tentando manter os links dentro da temática do blog, e os rendimentos vão para manutenção / custos do blog, e para meus estudos, e materiais…

No momento os links podem ser encontrados em um banner aleatório na barra lateral, e uma lista de produtos mais vendidos de um dos afiliados no fundo do blog. Não quero poluir a leitura então estou pensando em adicionar apenas um banner menor no inicio ou no final dos posts. Deixem seu comentário onde vocês preferem.

Os afiliados atuais são:

  • Amazon BR
    Livros, Kindles, entre outros…
  • Play-Asia
    Jogos, miniaturas, CDs, DVDs, entre outros
  • Tokyo Treat
    Guloseimas do japão
  • Yume Twins
    “Kawaii Box”, box com miniaturas, bichos de pelúcia, adesivos e outras coisas “kawaii” do japão.

Estou vendo se consigo adicionar o CDJapan ai, que é interessante por ter acesso a bastante conteúdo literário e audiovisual. E se vocês quiserem, do mesmo pessoal do Tokyo Treat e do Yume Twins tem outra caixa chamada NMNL ou “No make no life” que é de maquiagens do Japão. Como é algo que eu pessoalmente não compraria, e como quem não entende, não sei se tem algo característico exclusivo de maquiagens do Japão não incluí. Mas se alguém entender, e achar válido incluir, avise nos comentários.

Infelizmente isso gera um problema… De todas as opções, o único brasileiro (e acessível para muitos) é a Amazon, as pouquíssimas lojas que conheço de conteúdo japonês no Brasil são pequenas, ou não são lojas, é uma pessoa que faz, logo, não consigo opções afiliadas… Se alguém tiver alguma recomendação, também é bem vinda…

 

Conteúdo

Ontem cedo falei pelo instagram que os #kanjidavez passariam a sair só dia sim / dia não, para não atrapalhar no meu estudo… o que acontece gente, a minha primeira ideia com este blog era: “Se eu falar no assunto eu estou treinando, treinando eu memorizo mais fácil”. A ideia inicial do blog não incluía “conteúdo”, só um diário… Porém no meio da criação, pensando na dificuldade que eu tive para encontrar materiais, métodos, nas falhas e nos acertos, pensei em criar algo que pudesse ser útil… Apesar de eu deixar claro em diversas páginas e descrições que este é um blog pessoal para meu estudo, mas que compartilho material, algumas pessoas parecem continuar a entender que eu sei muito da língua, ou que eu sou algum tipo de professor, e isso não é verdade…

Se eu não estudo, eu não tenho conteúdo, pois me recuso a falar conceitualmente de algo que eu ainda não aprendi, de um material que ainda não usei, ou um método que ainda não testei… Portanto o conteúdo passará a ser mais dividido, para que eu possa volar a focar nos meus estudos, pois dependo deles para fazer um conteúdo descente para ajudar vocês.

Os diários vão continuar sempre que eu quiser falar algo, e podemos dizer que os conteúdos virão quando eu for capaz de falar de algo…

 

É isso ai minha gente, obrigado por lerem mais este post sem conteúdo, e até a próxima 😀

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: